O que é Business Intelligence (BI)?

O Business Intelligence (BI) é a capacidade que os sistemas de gestão têm de agrupar uma grande quantidade de informações e apresentá-las em formato gráfico, analítico e imediatamente reconhecível.

Como o Business Intelligence (BI) é integrado ao ERP

Se, até recentemente, o ERP era um conceito distinto de BI, vemos que hoje, cada vez mais o entendimento geral na busca de maior performance é o de que o ERP deve ser o BI de todos os negócios. Existe até um elemento de integração que diminui a performance quando o gestor considera ERP e BI como coisas diferentes. Quando se trata de uma integração, quando são vistos como a mesma coisa, o negócio eleva-se a outro patamar de performance, a outro patamar de capacidade de operação e de gestão.

Os benefícios do Business Intelligence (Exemplos do BI ajudando uma empresa)

Conheço clientes que têm no BI uma forma de distinção do seu negócio, como uma vantagem competitiva. Durante uma reunião, no Rio de Janeiro, o cliente mostrava-se preocupado com uma questão de inadimplência. E ele via pelo BI algumas coisas que são impossíveis de se ver em um relatório ou em uma planilha, ele via uma mancha, um mapa mesmo, um geo mapa de como era a dispersão dos clientes inadimplentes na região metropolitana do Rio de Janeiro. A mancha clara que ele visualizava em determinada região fazia muito sentido para ele, devido às características de coisas que tinham acontecido ali. Para ele, era claro o motivo pelo qual a inadimplência estava ali e que tipo de ação deveria tomar para combater aquele tipo de inadimplência, naquelas circunstâncias. Isso seria algo impossível de ser notado em um relatório, porque não estava em um bairro, em uma cidade, nem mesmo em um estado, mas distribuído por uma faixa que tinha uma influência econômica de um determinado acontecimento.

Da mesma forma, temos casos de empresas que mostram, por exemplo, como se dá a evolução de um determinado projeto, a evolução de um cronograma físico-financeiro apresentadas no BI de maneira instantânea, à medida que cada apontamento é feito ou à medida que cada realização operacional é conduzida. 

Recursos do Business Intelligence

Um dos recursos muito interessantes do BI é o fato de que você pode fazer drill down, ou seja, a partir de uma informação abrangente, de uma informação que pode ser sobre muitos milhões, você pode navegar e ir para um segundo nível de informação, que faz o desdobramento daquela situação em situações menores que compõem o todo. A partir daí você pode ir para um terceiro patamar, pode ir para um quarto patamar ou pode ter um painel abrangente, que mostra tudo o que está acontecendo, e você pode chegar àquela tela do lançamento original que deu origem a todo o montante depois.

É importante tal procedimento para que você tenha condição de atuar em cima de cada uma das operações que estão acontecendo. Por isso é imprescindível que seja instantâneo, porque receber essa informação amanhã, depois que a integração aconteceu, pode já ser tarde demais para intervir. 

Notificações Ativas no Business Intelligence

As notificações ativas disponibilizam informações gerenciais online e concretiza a ideia de que o ERP é o próprio BI. Este recurso permite aos usuários serem notificados no momento em que as coisas acontecem. Isso possível quando o BI é suficientemente bom e aperfeiçoado.

Case: Indústria reduz perda de insumo

Temos como exemplo o caso de um cliente da indústria alimentícia, no Rio de Janeiro, em que havia um processo complexo de apropriação de custos durante as etapas do processo produtivo. E havia um insumo, que era muito caro, cujo processo gerava perdas inevitáveis.

O cliente então criou uma fórmula, uma expressão de BI, na qual o sistema fazia a apropriação do custo e verificava a perda online. No momento em que o pessoal da linha de produção fazia o apontamento de produção de uma determinada etapa do processo, o sistema já calculava a apropriação de custo correspondente e a tornava uma informação gerencial disponível.

E havia uma notificação ativa no sistema sempre que a perda excedia o que ele considerava o máximo aceitável, ou seja, sempre que tal perda excedente acontecia, ele recebia a notificação ativa no seu celular e ia no “chão de fábrica” ver o que estava acontecendo. Assim, de acordo com as informações, analisava os dados resultantes e partia para as ações necessárias. Se fosse porque a qualidade do insumo estava ruim, passava a comprar de outra marca. Caso fosse constatado que a máquina estava descalibrada, buscava a calibração perfeita. Se fosse porque um colaborador fora mal treinado, providenciava o treinamento. E à medida que ele intervia no processo as coisas melhoravam, até que chegou um momento em que deixou de receber notificações, porque a perda estava sempre abaixo do que ele considerava aceitável.

Esse processo foi seguindo, até que ele diminuiu a perda a menos de 15% da perda aceitável original. Em seu depoimento, ele disse que só isso pagou todo o projeto do ERP. Esse é o tipo de resultado que você obtém, quando pode contar com as notificações ativas no seu BI.

Vendas com Notificações Ativas

O mesmo resultado, de melhoria de metas com apoio das notificações ativas, pode ser obtido em vendas. Você pode receber notificações ativas sobre o cumprimento das metas, não dia dois do mês subsequente, quando já não há mais nada a fazer, você recebe as notificações ativas no dia 16, no dia 14, no dia 12 do mês em curso, quando tem condição de ligar para o seu gerente, para o seu vendedor, para o seu operador e perguntar se precisam de ajuda. A pessoa que executa a sua tarefa e tem aquela meta a cumprir, por sua vez, também já sabe que uma notificação ativa vai subir a cadeia e se mobiliza para pedir ajuda, antes que essa notificação chegue às pessoas de quem, posteriormente, receberá as cobranças de cumprimento das metas.

Fonte: http://www.mestredoerp.com.br/o-que-e-business-intelligence-bi-erp/


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *